quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Loira burra (não são todas, graças a Deus!)

Quando se fala em burras... perdão... loiras, quase sempre associamos a palavra "burras".
Mas por que será? Talvez porque muitas são mesmo, mesmo burras!
Depois, há um sem número de anedotas e situações do dia-a-dia que nos confirmam.
Enfim, como tudo, há sempre excepções.


Às minhas amigas loiras e familiares, por favor, não se ofendam, pois nenhuma de vós se inclui nesse grupo, felizmente.

Bom, mas toda esta introdução serviu apenas para ter conversa para apresentar um novo mapa da Europa, fruto de estudos recentes no que respeita à concentração de loiras:

Enviar um comentário