sexta-feira, 27 de julho de 2012

Sobre o castigo a Luís Filipe Vieira

in encarnadoberrante.blogspot.com


O presidente do Sport Lisboa e Benfica foi castigado pelo Conselho de Disciplina da FPF com 45 dias de suspensão de qualquer actividade desportiva, acrescida de uma multa de 2.500 euros.


A sanção surge na sequência dos incidentes que tiveram lugar no Estádio da Luz, após o encontro com o Sporting, em que o Benfica venceu ao rival por uma bola a zero.

Os incidentes da partida, nomeadamente a expulsão de Cardozo por um motivo fútil, a admoestação exageradíssima a Aimar com o cartão amarelo, mas em especial toda a atmosfera alimentada com a falta de segurança que Paulo Pereira Cristóvão apelidou de gaiola com condições pré-históricas, tornando-se certamente responsável pela triste atitude que alguns adeptos leoninos tiveram ao atear um incêndio nas bancadas.

Já junto aos balneários teve lugar uma discussão entre Luís Filipe Vieira e o Dr. Luís Duque, em que o presidente benfiquista abordou de forma exaltada o administrador da Sporting SAD, empregando expressões que foram registadas e testemunhadas.

A razão deste pesado castigo é apontada, segundo se alega, para servir de exemplo, não esquecendo o facto de Vieira não demonstrar qualquer tipo de arrependimento relativamente às suas afirmações.

Até aqui tudo bem... (bem mal, queria eu dizer!)

Então e onde está a indemnização ao Sport Lisboa e Benfica pelos danos causados no sector da bancada afectada, não só estruturalmente, mas, como é óbvio, do ponto de vista financeiro, já que parte da bilheteira do clube não pôde ser assegurada até que as obras de reabilitação daquela zona fossem concluídas? Mas que raio de justiça é esta?

LFV vai recorrer da decisão para o Conselho de Justiça.
Enviar um comentário