segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Punk Rock: Mata-Ratos

Mata Ratos
"Caixote de lixo"


As "Florimongas" e as "Morangadas"
Histórias ocas que não dizem nada
Ficam a babar o vazio na vista
Prisioneiro do média terrorista
Que vende bandas como detergentes
E cria consumos pouco exigentes
Como as tragédias à hora do jantar
Por entre carros, têm que comprar

As telenovelas e outras xaropadas
Vão tomar as mentes mais indicadas
O mundo lá fora pede revolução
Mas ficam sentados até ao fim da edição
Decidem por eles tudo o que fazer
Desde o berço até ao dia de morrer
Ficam a olhar sem questionar
Truques e manhas para os controlar

Lixo p'ró lixo
Vista p'ró caixão
Transformados em escravos da visão
Lixo p'ró lixo
Vista p'ró caixão
Não podem tomar nem uma decisão
Lixo p'ró lixo
Vista p'ró caixão
Aniquilados na massificação
Lixo p'ró lixo
[...]

A tua vida pede revolução
Abre os olhos, apaga a televisão
A realidade não está no ar
Morte à apatia, começa a lutar
Toma por ti a tua decisões
Não aceites as suas condições
Apaga a TV, deixa o cérebro respirar
Se és livre não te podem comandar
Enviar um comentário