segunda-feira, 7 de julho de 2014

Homenagem a Di Stefano

in ionline.pt
O antigo futebolista e presidente honorário do Real Madrid, Alfredo di Stéfano, faleceu hoje (07-07-2014) no hospital Gregorio Marañon, em Madrid, onde se encontrava internado há dois dias, após sofrer uma paragem cardio-respiratória.

O estado de saúde de Di Stefano, o grande ídolo de Eusébio da Silva Ferreira,  era grave, mas estável, segundo informações do hospital. No entanto, não resistiu a nova paragem cardíaca, acabando por falecer aos 88 anos, idade completada na Sexta-feira (04-07-2014). O ex-futebolista já tinha sido vítima de um enfarte em 2013.

Biografia

«Alfredo Di Stefano foi o primeiro jogador universal: tinha sangue italiano, francês e irlandês, jogou por três selecções (Argentina, Colômbia e Espanha), em três campeonatos (argentino, colombiano e espanhol) e em várias posições (começou a avançado e acabou a médio).

Para a história ficam os seus números, sobretudo os que alcançou pelo Real Madrid, que o contratou em 1953 ao Millonarios (Colômbia) para mudar o curso da história do futebol.

Di Stefano tornar-se-ia o motor e o goleador merengue dos anos 50 e 60 (307 golos em 396 jogos), conquistando 8 campeonatos (1945, 55, 57, 58, 61, 62, 63 e 64), uma Taça do Rei (1962), cinco Taças dos Campeões Europeus (1956, 57, 58, 59 e 60) e uma Taça Intercontinental (1960).»

in expresso.sapo.pt
Enviar um comentário