sábado, 11 de janeiro de 2014

Benfica e Eusébio: Uma semana inesquecível...

in slbenfica.pt
Sábado, dia 4 de Janeiro: Oitavos-de-final da Taça de Portugal, Benfica - 5 | Gil Vicente - 0

Ano novo, vida nova, é o que se costuma dizer! Com efeito, o Estádio da Luz recebeu um relvado novo e o Benfica brindou os seus adeptos com um resultado avultado. Uma mão cheia de golos sem resposta apontados frente ao Gil Vicente, em jogo a contar para os oitavos-de-final da Taça de Portugal.


Antes do início da partida, cumpriu-se um minuto de silêncio pelo falecimento de um deputado do partido socialista. E diga-se que foi, realmente, um minuto de silêncio, em vez do já habitual "minuto de palmas"... Claro que a audiência era reduzida, o que talvez se explique pelo o tempo e pelas últimas exibições das "águias" menos conseguidas. Quem se dignou a comparecer no Estádio da Luz foi recompensado com ma exibição conseguida e um resultado expressivo.

Logo aos 2', o Benfica inaugurou o marcador por intermédio de Rodrigo (1-0). Aos 15', foi a vez de Markovic finalizar  (2-0) a passe de Rodrigo. Já perto do final da primeira parte (37'), Rodrigo aumentou para 3-0, bisando na partida, na sequência de um uma grande assistência de Gaitán.

O Benfica jogava bem e tudo parecia fácil, com boas combinações e várias oportunidades de golo criadas. Aos 56', Maxi Pereira é derrubado na grande área. Na cobrança da grande penalidade, Lima elevou o marcador para 4-0. Por fim, já nos descontos, Lima ainda foi a tempo (90'+1) de igualar Rodrigo, bisando igualmente na partida, fechando as contas em 5-0.

Com este resultado, o Benfica carimbou o passagem aos quartos-de-final da Taça de Portugal.

Domingo, dia 5 de Janeiro: Eusébio morre aos 71 anos

in facebook.com
Na manhã de Domingo (5 de Janeiro de 2014) recebi um e-mail de um familiar, residente em França, informando-me de que era noticiado o falecimento de Eusébio, vítima de paragem cardíaca.

Assim que confirmei o triste anúncio, perdi toda a vontade de prosseguir com as minhas crónicas. Esta notícia era má de mais e deixou-se sem cabeça para nada. E durante todo o resto do dia de Domingo até ao funeral no dia seguinte, não parei de chorar, mas por dentro. Um sentimento de profunda tristeza invadiu-me o coração, deixando-me muito deprimido. Por isso, remeti-me ao silêncio até ao dia de hoje, em que se cumpriram sete dias do seu falecimento.

Eusébio partiu a poucos dias do seu 72.º aniversário...

Homenagem a Eusébio da Silva Ferreira

in zerozero.pt
A notícia da morte de Eusébio deixou não só o universo benfiquista, mas todo o país e mundo em choque. O Sport Lisboa e Benfica apressou-se a oferecer uma homenagem em jeito de "Honras de Estado", permitindo que o corpo de Eusébio ficasse em câmara ardente no Estádio da Luz.

Espontaneamente, portugueses e estrangeiros começaram a deslocar-se à Praça Centenarium, para prestar a sua homenagem junto da estátua de Eusébio, depositando flores, cachecóis, bandeiras, fotografias, cartazes, etc.

in slbenfica.pt
Foi bonito observar um raro momento em que se as cores clubistas foram postas de parte para retribuir a humildade que caracterizou o melhor jogador português de todos os tempos. E para preservar essa memória, Luís Filipe Vieira anunciou a construção de uma estrutura que proteja o monumento e todas os objectos ali deixados ao longo da semana.

Segunda-feira, dia 6 de Janeiro: O funeral de Eusébio

in slbenfica.pt
O cortejo fúnebre iniciou-se dentro do Estádio da Luz. O caixão foi coberto por uma bandeira do Sport Lisboa e Benfica, tendo sido depositado ao centro do relvado para se cumprir um minuto de silêncio em sua memória. Este momento foi precedido e seguido de aplausos e cânticos e, como não podia deixar de ser, do hino do Benfica.

Cumprindo o último desejo de Eusébio, o seu corpo deu a volta ao estádio e seguiu para o cemitério  do Lumiar. Lá, já de noite, o plantel e os dirigentes, debaixo de uma chuva persistente, despediram-se uma última vez do seu maior símbolo.

Enviar um comentário