domingo, 26 de janeiro de 2014

Hóquei em patins: Resultado histórico no Benfica - FC Porto (6-1)

in slbenfica.pt
A equipa de hóquei em patins do Sport Lisboa e Benfica recebeu este sábado o FC Porto, tendo conseguido uma vitória historicamente expressiva (6-1) frente ao seu rival, em jogo a contar para o campeonato nacional.

Os "dragões" começaram melhor e até poderiam ter-se adiantado no marcador logo nos instantes iniciais. Caio desperdiçou uma grande penalidade.
A resposta das "águias" não podia ser melhor. Valter Neves (6') inaugurou o marcador (1-0) e, um minuto depois, foi a vez de Carlos López (2-0). Pouco depois, João Rodrigues, com uma “picadinha", aumentou a vantagem (3-0), acabando por bisar na partida (4-0) decorridos quinze minutos, deixando o público presente no Pavilhão Fidelidade ao rubro.
De referir ainda um falhanço incrível do Porto com um jogador "azul-e-branco" a acertar no poste da baliza de Trabal quando este se encontrava deitado e completamente batido. E ainda houve os falhanços de Ricardo Barreiros e Hélder Nunes na marcação de livres-directos.
A segunda parte voltou com novas oportunidades desperdiçadas pelo FC Porto, sendo que o Benfica também não soube concretizar um livre directo nos primeiros minutos.
Os "azuis-e-brancos" revelavam grande intranquilidade e inoperância ofensiva. E assim o Benfica aproveitou da melhor forma para se adiantar ainda mais, arrancando vários "olés" da bancada. Primeiro marcou Tuco com uma "picadinha" de cima para baixo (5-0) e o capitão Valter Neves fechou as contas das "águias" (6-0).
O FC Porto só conseguiu o tento de honra já perto do final por intermédio de Caio, com uma stikada espectacular a não dar qualquer hipóteses a Guilherme Trabal, que hoje foi o grande responsável por manter a sua baliza quase intransponível.
Com este resultado, o Benfica passa a somar 32 pontos e encurta a distância para os três primeiros que, agora, estão separados por apenas quatro pontos. Na próxima jornada, o Benfica desloca-se ao Valongo, que mantém a liderança do campeonato.
Enviar um comentário