quinta-feira, 14 de março de 2013

As novas fases da Lua


in ciencia.hsw.uol.com.br


Nos últimos dias tenho observado as fases da Lua, o satélite natural da Terra, num ângulo ligeiramente diferente do habitual. O que me levou a introduzir este tema, aproveitando para esclarecer sobre as fases da Lua.


São quatro as fases da lua mais conhecidas: lua nova, lua cheia, quarto crescente e quarto minguante. Cada uma destas fases é identificada a partir da observação da parte iluminada da Lua pelos raios solares. 

Existem mais quatro fases intermédias que não estão muito difundidas, nomeadamente: lua crescente côncava, lua crescente convexa, lua minguante convexa e lua minguante côncava.

E são precisamente as fases da lua crescente côncava que muitas vezes (embora erradamente) chamamos de quarto crescente, do mesmo modo que denominamos de quarto minguante à fase da lua minguante convexa.

in wikipedia.org

Voltando ao tema inicial e contrariamente à animação que temos das várias fases da Lua, tenho observado uma inclinação relativa às fases anteriormente referidas, tal e qual se pode ver nas imagens seguintes:

 

Esta simples constatação leva-me a crer numa possível explicação que encontro no facto de, aquando do sismo ocorrido no dia 11 de Março de 2011. Recorde-se que foi divulgado que o eixo da Terra ter-se-á deslocado na ordem dos 10 centímetros. O balanço deste sismo, que atingiu a magnitude 9 da escala de Richter, desencadeou um tsunami que devastou, sobretudo, as províncias de Fukushima, Iwate e Miyiagi, o que provocou mais de 19.000 mortos e ainda um desastre na central nuclear de Fukushima.

Será mesmo esta a razão desta ligeira diferença, mais evidente na observação das fases da Lua?

Enviar um comentário