terça-feira, 29 de outubro de 2013

8.ª Jornada da 1.ª Liga: Benfica - 2 | Nacional - 0

in slbenfica.pt
No dia em que se assinalou o 10.º Aniversário da nova Catedral da Luz, o presidente Luís Filipe Vieira fez questão de prestar homenagem em pleno relvado a Nuno Gomes, por ter sido o primeiro jogador do Benfica a marcar no novo estádio. O avançado português é uma das figuras incontornáveis da história do clube "encarnado" e pôde receber mais uma vez os aplausos da massa associativa das "águias".


Em ambiente de festa, o estádio preencheu-se com uma boa assistência (35.519 espectadores) para ver o encontro da 8.ª jornada entre o Sport Lisboa e Benfica e o Nacional da Madeira, num dia que marcou o regresso às vitórias da formação orientada por Jorge Jesus. Siqueira e Cardozo assinaram os golos que ditaram o resultado final (2-0).

in slbenfica.pt

Aos 14' minutos, a insistência ofensiva das "águias" surtiu efeito, com  Siqueira a combinar com Gaitán e este com Cardozo, assistiu o defesa para atirar a contar e bater Gottardi. Estava inaugurado o marcador (1-0).

O Nacional não se mostrou vencido, obrigando Artur a aplicar-se para evitar o golo do empate, por intermédio de Claudemir, na cobrança de um livre directo.

Depois de um período de quase posse de bola, nova oportunidade flagrante para o Benfica (35'). Depois de uma jogada de Matic, que passou por vários adversários e centrou para as tentativas goradas de remate por Maxi Pereira e Rodrigo, a bola acaba por sobrar para Cardozo que remata com o seu pior pé (direito) fraco permitindo a defesa do guardião insular.

Na etapa complementar, o Benfica voltou a entrar melhor e foi ganhando progressivamente mais confiança, traduzindo-se nas jogadas de perigo que encetou. Aos 46', Gaitán quase marcava com um remate forte que passou a rasar o poste direito de Gotttardi. Era a ameaça do que se seguiria dois minutos depois (48'). O extremo argentino recebu a bola a meio campo e meteu a quinta até à entrada da área, servindo Óscar Tacuara Cardozo rematou para o 2-0.

in slbenfica.pt
O paraguaio voltou a marcar ao Nacional da Madeira, sendo o jogador que mais marcou golos à equipa insular na história de encontros entre os dois emblemas. Cardozo também igualou o mesmo número de golos que Nuno Gomes marcou de águia ao peito. O Tacuara partilha agora o 9.º lugar da história de melhores marcadores do Benfica, com o registo de 166 golos em 270 jogos (menos 128 do que Nuno Gomes. Onze é o número que separa Cardozo do oitavo lugar, que pertence a José Augusto (177 golos marcados).

No único lance de perigo por parte do Nacional, Candeias tira um cruzamento-remate, mas Artur estava atento, defendendo para canto (62').

No entanto, a segunda parte serviu para confirmar uma excelente exibição do jovem Ivan Cavaleiro, que se estreou a titular e em casa, só não premiada com golos. E Cardozo quase bicsou na partida já perto do fim do tempo regulamentar (87'), quando tentou a sorte com um remate forte de pé direito que quase surpreendia Gottardi.

O resultado não mais se alterou. Com esta vitória, o Benfica passa a somar 17 pontos. Beneficiando da derrota do Sporting frente ao FC Porto, alcançou o rival da 2.ª Circular (2º), a 5 pontos dos "azuis-e-brancos". 
Enviar um comentário