quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

18.ª Jornada: Tempestade encarnada no Benfica 2-0 Sporting

in facebook.com
Depois das condições climatéricas terem danificado parte da cobertura do Estádio da Luz, obrigando ao adiamento do derby lisboeta por 48 horas, a 18.ª jornada do Campeonato Nacional pôde finalmente realizar-se, terminando com uma vitória clara do Benfica por duas bolas a zero.

Sem que nenhuma das equipas mudasse as suas apostas cuja surpresa se desfez com o adiamento da partida, o Benfica entrou dominador e a todo o gás, surpreendendo o Sorting que revelou-se muito intranquilo com a mudança do seu habitual esquema de jogo em 4-3-3 para um 4-4-2.

Assim, a formação da casa, irrepreensível a defender, foi acumulando boas oportunidades: o primeiro sinal dado logo aos 5' com Rodrigo a rematar às malhas laterais. Depois (21'),  foi a vez de Markovic desperdiçar um lance de contra-ataque desferindo um remate fraco para a defesa fácil de Rui Patrício. Três minutos depois, na sequência de um canto, Luisão apareceu ao primeiro poste a atirar por cima da barra. No minuto seguinte, Rodrigo permitiu a defesa do guardião leonino.

in facebook.com
Adivinhava-se o golo, que surgiu decorridos 27 minutos da primeira parte. Feijsa recuperou uma bola, desmarcou Maxi Pereira e este assistiu Gaitán que, de cabeça, colocou a bola no fundo das redes, com a passar por entre as pernas de Rui Patrício (1-0).

O extremo argentivo esteve perto de bisar ainda antes do final da primeira parte, lançado por Garay, mas Gaitán, frente a frente com Rui Patrício, picou a bola mas o esférico saiu ao lado.

No segundo tempo, o Benfica manteve o domínio e, logo aos 49’, quase que Rodrigo fazia o gosto ao pé, só que o remate ao lado do poste direito da baliza do Sporting.

Os "encarnados" foram-se acomodando à vantagem e concederam algum protagonismo do Sporting que chegou a criar algum frissom, mas sem perigo para a baliza defendida por Oblak. A primeira grande oportunidade dos "leões" aconteceu apenas aos 63', por intermédio de Heldon, mas o cabo-verdiano rematou muito por cima.

in facebook.com
A resposta surgiu por Rodrigo com mais um remate perigoso, mas à figura do guardião "leonino". O Benfica voltava à carga e, à passagem do minuto 76, Enzo Perez recuperou a bola à entrada da área, ameaçou o remate uma e outra vez, até deixar pregados um defesa e Rui Patrício, para desferir um belo remate em arco, indefensável (2-0)! E assim as "águias" fecharam as contas num jogo cujo resultado poderia ter sido bem mais expressivo.

Até ao final, Jorge Jesus refrescou o meio campo com a entrada de Rúben Amorim para o lugar de Rodrigo, proporcionando ainda mais alguns minutos a Cardozo.

in facebook.com
A justiça no marcador não oferece dúvidas como se pode comprovar pelas estatísticas do encontro. Com este resultado, o Benfica reforça a liderança com 43 pontos, mais 4 que o FC Porto e mais 5 que o Sporting.
Enviar um comentário