terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Hóquei em Patins: Valongo 4-3 Benfica

in slbenfica.pt
Depois da histórica vitória, em casa, frente ao FC Porto, o Benfica deslocou-se a casa do primeiro lugar, o Valongo, de onde saiu com uma derrota por 4-3, em jogo da 14.ª ronda do Campeonato Nacional.


O Benfica entrou disposto a conseguir um bom resultado que lhe permitisse reduzir a desvantagem para o primeiro classificado, mas encontrou uma dualidade de critérios por parte da equipa de arbitragem que lhe custaram a derrota.

Os "encarnados" adiantaram-se no marcador por intermédio de Diogo Rafael, com uma "stickada" à espanhola do lado direito da quadra. Antes do final da primeira parte, Valter Neves, de livre directo, colocou o Benfica a vencer por 0-2, resultado com que se chegou ao intervalo.

No segundo tempo, de novo a arbitragem em evidência, mas pela negativa.

Bastaram três minutos para que o Valongo conseguisse dar a volta ao marcador. João Souto (26’), Hugo Azevedo (27’) e Nuno Araújo (28’), foram os autores dos golos.

O Benfica respondeu aos 30', por intermédio de Válter Neves, que bisou assim na partida. As coisas pareciam estar controladas, mas "mesmo no cair do pano", após uma falta do Valongo, mais uma que a equipa de arbitragem deixou passar, permitindo a João Souto fazer o 4-3 final.

De referir, no entanto, uma série de decisões que prejudicaram o Benfica, como por exemplo um lance de agressão a Carlos López, que levou uma violenta cotovelada nas costas. O jogador do Valongo apenas viu o cartão amarelo. Depois, nova agressão de um jogador do Valongo sobre Tuco (ver foto acima) que passou impune, com a falta a ser assinalada, mas sem sequer haver lugar a admoestação com, pelo menos, o cartão amarelo. Depois houve faltas inventadas levando a livres-directo pelo número de faltas cometidas, com destaque para uma, inexistente, que na sequência da sua marcação, o jogador do Valongo projectou-se para o chão e o árbitro transformou em penalti a favor do Valongo. Para não falar nos cartões azuis mostrados a jogadores do Benfica.

Uma derrota injusta que fez os dirigentes "encarnados" manifestarem-se, analisando as imagens que falam por si:

Análise aos lances do Valongo - Benfica
Enviar um comentário