quinta-feira, 17 de maio de 2012

Lição de Português: Naturalidade vs Nacionalidade


Aqui estão duas palavras que não deixam de causar dúvidas. Frequentemente, sobretudo quando desportistas obtêm a nacionalidade de um outro país, permitindo-lhes competir nesse país, ouvimos dizer que fulano de tal se naturalizou, obtendo a nacionalidade desse país.


Agora resta saber se é "naturalizado" ou "nacionalizado". Vejamos as definições de cada palavra:

Naturalidade: terra onde se nasceu; situação de um estrangeiro que adquiriu, num país, os direitos e regalias dos cidadãos aí nascidos.

Nacionalidade: país onde alguém nasceu e de que é cidadão; condição jurídica e política própria de um cidadão nacional, adquirida por nascimento ou por naturalização.
in portoeditora.pt

Temos de concluir que ambos os termos significam exactamente o mesmo, mas não deviam.

O que faz com que uma pessoa seja natural de um país é o facto de ter nascido nesse país. Se não, por que razão é que, sobretudo no caso das pessoas da ex-colónias, aparece a informação acerca do país e cidade onde nasceram (ex: Luanda, Angola), mas a sua nacionalidade é portuguesa?

De acordo com a definição de "naturalidade", essas pessoas deveriam ser agora naturais de Portugal e não de Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné Bissau, Timor ou Macau como consta no seu bilhete de identidade ou certidão de nascimento!

Na minha opinião, fazia todo o sentido que o significado de cada palavra fosse clarificado e diferenciado, mas quem sou eu...




Enviar um comentário