sexta-feira, 31 de maio de 2013

O Verão mais frio dos últimos 200 anos

in henican.com
Recentemente, o canal de meteorologia francês, La Chaine Météo, anunciou que o Verão de 2013 será o mais frio, desde 1816. A notícia foi corroborada por um outro país, mas em Portugal, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) esclarece "que não tem conhecimento do fundamento técnico científico que suporte a previsão do canal francês".


A notícia estalou como uma bomba junto da opinião pública, cansada de um inverno demasiado rigoroso com uma duração à qual já ninguém estava habituado.

A previsão francesa aponta no sentido de "ano sem Verão na Europa", precisamente devido ao longo inverno que conduziu a um arrefecimento do mar, agravado pela elevada presença de partículas vulcânicas na atmosfera, libertadas por fortes erupções ocorridas nos últimos anos em vários pontos do planeta e que servem de filtro dos raios solares, reduzindo o aquecimento provocado pelo Sol. Como tal, será legítimo acreditar numa significativa queda de temperatura média, na ordem de 1 a 3ºC na Península Ibérica, acompanhados de precipitação.

Assim, de acordo com estas previsões haverá 70% de probabilidades de que haja uma ausência completa de verão na Europa Ocidental. O canal francês Météo acrescenta que haverá, contudo, períodos de calor de curta duração, localizados entre Agosto e Outubro.

No entanto, o IPMA esclarece que a previsão sazonzal para o trimestre Junho, Julho e Agosto sugere um cenário para Portugal Continental "em que a probabilidade da temperatura média ser inferior ao normal é de 40 a 60%, com uma anomalia negativa entre -0,5 e -0,2°C", contrariando as previsões francesas, o que nos permite sonhar com um cenário mais agradável para quem já desespera por tempo quente e duradouro.
Enviar um comentário