quarta-feira, 1 de maio de 2013

Dia do Trabalhador (01-05-2013)


No actual contexto de crise e recessão da economia, não só portuguesa, mas europeia e mundial, creio que seria interessante propor uma alteração à designação das comemorações e manifestações que se repetem um pouco por todo o país.


Para quem esteja interessado em saber mais acerca desta data, sugiro que clique aqui e veja o post referente ao Dia do Trabalhador do ano anterior.

Ora, nos dias que correm nós, trabalhadores, desempregados e pensionistas, sentimo-nos cada vez mais roubados. Sim, com as políticas dos governos que nos conduziram à situação de banca rota iminente (se é que já não estamos, de facto, falidos), quem sofre na hora de cortar nas despesas: o trabalhador! O pequeno! Sempre o mesmo do costume.

Quem deveria pagar pelos seus erros de gestão e políticas de cunhas e influências e tachos, safa-se sempre, à semelhança do que acontece na justiça civil (Ex: processo Casa Pia) e/ou desportiva em Portugal (Ex.: processo Apito Dourado).

Governo, após governo, alternam-se os rostos (às vezes), mas mantêm-se sempre os mesmos partidos, PS, PSD ou CDS (em coligação), sempre as mesmas políticas, de esbanjamento de recursos, de ajudas financeiras, etc., etc..

E o pior disto tudo é que os mesmos cidadãos é que os elegem. Se o PS governa mal, há que sair e colocar lá outro. Quem? O PSD. Se a coisa corre mal, é melhor voltar a pôr lá o PS. Nunca há uma alternativa e nunca se chega a dar uma oportunidade aos outros partidos. E depois queixam-se sempre do incumprimento de promessas eleitorais. Uns acusam os outros e vice-versa, nunca se saindo da cepa torta. Aliás, só piora ainda mais as coisas.

De maneira que este dia deveria mesmo mudar de designação, pois cada vez mais me convenço de que, afinal, na prática, a escravatura nunca chegou a ser abolida. O que me lembra algumas músicas que, embora digam respeito a outro contexto, aplicam-se bem àquilo por que vamos passando...

Peter Tosh - "400 Years"
(Live at the One Love Peace Concert, 1978)

«400 years
And it's the same,
The same philosophy.
I've said it's four hundred years.
Look, how long
And the people they still can't see.»


The Wailers - "Catch a Fire"

«I remember on the slave ship,
How they brutalize the very souls.
Today they say that we are free,
Only to be chained in poverty.
Good God, I think it's illiteracy;
It's only a machine that makes money.»


Burning Spear - "Slavery Days"

«Do you remember the days of slavery?
And how they beat us...
And how they worked us so hard...
And how they used us...
Till they refuse us.»
Enviar um comentário