terça-feira, 24 de abril de 2012

Imagens do dia (24-04-2012): Alegria e tristeza


Esta noite foi marcada por encontros importantes no desporto, nacional e internacional. Por terras lusas, assistiu-se ao encontro para a Taça de Portugal de hóquei em patins entre o Benfica e o Candelabra, que proporcionaram um excelente espectáculo. Só manchado apenas nos minutos finais por uma sucessão de decisões erradas e que prejudicaram apenas o clube da casa: o Benfica viu serem marcadas faltas estranhas, cartões azuis para os jogadores "encarnados", que permitiram ao Candelabra recuperar de uma diferença de 3-1 para 3-3.


Mesmo assim, os jogadores não baixaram os braços e, a pouco mais de 1 minuto do fim, beneficiaram de uma falta sofrida, a 10ª, que, segundo as novas regras, deu direito à marcação de um livre directo. Carlos Lopez, não desperdiçou a oportunidade e marcou um excelente golo com uma picadinha, garantindo a vitória do Benfica nesta eliminatória.


No plano internacional, o dia foi marcado com a 2ª mão da meia final entre o Chelsea e o Barcelona da Liga dos Campeões, com acontecimentos dramáticos. Ainda na 1ª parte, Busquets chocou violentamente com o guarda-redes da própria equipa, perdendo os sentidos por breves momentos. Mas recuperou e retomou a partida. O Barcelona conseguiu adiantar-se cedo no marcador. Ainda na 1ª parte, John Terry é expulso na sequência de uma agressão. Pouco depois, o Barcelona aumentou a vantagem para 2-0, mas, mesmo a acabar, num contra-ataque rapidíssimo, Ramírez assinou o golo (2-1) da noite com um tremendo chapéu. Golo que colocava desde logo o Chelsea na final da Champions, pois na 1ª mão tinha vencido por 1-0. Tudo parecia ficar mais fácil para o Barcelona que dispôs e desperdiçou inúmeras oportunidades para marcar, inclusive de uma grande penalidade (muito forçada). Na marcação, Messi rematou à trave e repetiu mais tarde num remate ao poste. Quem não marca, sofre e acabou por ser precisamente o Chelsea, em inferioridade numérica, a chegar ao empate, mesmo a terminar a partida, por intermédio de Torres que aproveitou um "balão", ultrapassou o guardião catalão e fez o 2-2, carimbando o acesso à tão esperada final da Liga dos Campeões. Pepe Guardiola soma assim mais um mau resultado.

Este resultado vem contrariar a minha previsão, aquando da eliminação do Benfica pelo clube inglês de forma vergonhosa, prejudicado em ambas as mãos dos quartos-de-final. Veremos quem será o próximo adversário, se o Bayern de Munique (em vantagem, 2-1), se o Real Madrid, que disputam amanhã a 2ª meia-final.

in www.visao.sapo.pt


Ainda na actualidade do dia, é de lamentar o falecimento do eurodeputado e fundador do Bloco de Esquerda, Miguel Portas, vítima de doença prolongada.
Enviar um comentário