domingo, 17 de junho de 2012

Final de futsal (4º jogo) SLB 5 - SCP 4

in scn.pt

No quarto jogo da final do play-off de futsal o Benfica conseguiu aquilo que mais ninguém estava à espera, ou seja, vencer o seu rival e o ambiente pesado dos adeptos "verde-e-brancos", embora menos acentuado do que se verificou no passado Sábado.


Ainda assim, registou-se o arremesso de um petardo que, com os jogadores a ameaçarem recolher ao balneário por momentos. O que motivou esta reacção foi uma defesa de Marcão no limite da área, mas com a mão fora dela, o que daria direito a expulsão. No entanto, tal só se consegue perceber com as repetições e aceita-se que os árbitros tenham tido a dúvida e daí, apenas admoestarem o guardião encarnado com o cartão amarelo. No entanto, não deixa de haver flta de coerência, face ao que aconteceu no dia anterior e que ditou a expulsão a Bebé.

Adiante. O Sporting foi sem dúvida nenhuma superior ao Benfica na partida de hoje, o que traduziu numa clara maior percentagem de posse de bola, com várias oportunidades flagrantes desperdiçadas e muitas bolas ao poste.

Todavia, recordo que foi exactamente isso que aconteceu nos últimos dois anos, em que o Benfica foi superior, mas acabou por perder o título de campeão para um Sporting mais feliz na concretização, permitindo arrecadar dois títulos de campeão nacional.

O primeiro golo foi para o Sporting por intermédio de Déo que, após um remate ao poste, o esférico voltou ao seus pés para que pudesse desfeitear Marcão. O Benfica reagiu bem e chegou ao empate ainda na primeira parte num remate de fora da área de Diego Sol.

O empate a uma bola para cada lado permaneceu na segunda parte e durante todo o prolongamento.

Para o desempate por grandes penalidades, a lotaria que favoreceu o Sporting na última temporada, Paulo Fernandes colocou Vítor Hugo no lugar de Marcão, numa clara jogada estratégica pelo facto de não se conhecerem os seus movimentos. Estratégia que viria a revelar-se marcante, já que Vítor Hugo defendeu dois penaltis.

Começou primeiro o Benfica por Davi que permitiu a defesa de João Benedito com o peito. Alex aproveitou para fazer o 2-1 para o Sporting. Seguiram-se, da parte do Benfica, Joel Queirós, Dentinho, Bruno (4-4) e César Paulo (4-5), todos eles com marcações vitoriosas. Da parte do Sporting, marcaram Pedro Cary (3-2), Djô e falharam Déo, que permitiu o empate do Benfica (4-4) e Caio Japa, que acabou por dar a vitória aos encarnados.

A decisão do campeão nacional fica adiada para o próximo Sábado no pavilhão Império Bonança.
Enviar um comentário